Arquivo da tag: pós parto

Gravidez pode alterar o tamanho do pé para sempre!

Ontem postei no instagram e na page uma foto do chinelo que comprei e comentei que foi um numero maior que o habitual (33/34), comentei também que uma colega de trabalho ‘reclamou’ que seu pé aumentou após o nascimento da bebe dela. Tanto é verdade,  que ela me deu uma sapatilha que havia comprado e usado só duas vezes,  pois estava apertado demais.
Na postagem choveu de gente comentando que passou pelo mesmo, e eu que não sou boba nem nada fui atrás pra saber se isso ocorre mesmo ou nós que somos #mãesinsanas e estamos imaginando coisas. E não é que isso é um fato gurias! #pasmem que já fizeram até um estudo que confirmou que em algumas gravidas o pé não volta ao tamanho que era antes de engravidar #pasmem.
______________
Pela primeira vez um grupo de pesquisadores reuniu evidências científicas de uma antiga reclamação das mulheres: o aumento do tamanho do pé após a gestação!Um estudo divulgado esta semana confirma pela primeira vez o que durante muito tempo foi apenas uma impressão: a gravidez pode alterar permanentemente o tamanho dos pés das mulheres. Realizado por pesquisadores da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, o estudo acompanhou 49 gestantes, cujas medidas dos pés foram registradas no primeiro trimestre da gestação e cinco meses após o parto. Para 70% delas, o pé tornou-se mais comprido e mais largo.

“Já tinha ouvido mulheres falarem que mudaram o tamanho do sapato por causa da gravidez, mas não havia nenhuma referência a isso em livros ou publicações científicas”, afirmou em nota Neil Segal, professor de ortopedia e principal responsável pelo estudo. “Para estudar essa evidência de maneira mais científica, medimos os pés das mulheres. Descobrimos que a gravidez leva, de fato, a uma mudança permanente no pé”.

Pé chato é um problema comum na gravidez, por conta do peso extra e da maior frouxidão das articulações associadas aos hormônios. A novidade é que, após a gravidez, o pé não volta 100% ao normal, como acreditavam os médicos. A pesquisa será publicada na edição de março da revista científica American Journal of Physical Medicine & Rehabilitation.

A pesquisa mostrou que, em média, a altura e a rigidez do arco da sola do pé diminuíram entre as duas medições (primeiro trimestre e cinco meses após o parto). Eles verificaram aumentos no comprimento do pé de 2 a 10 milímetros – ou seja, o sapato pode aumentar um número! O estudo também sugeriu que a primeira gestação é a responsável por essas mudanças, e que as demais não causariam mais alterações significativas na estrutura do pé.

Neil Segal já planeja novos estudos para descobrir se essas mudanças levam a problemas como artrite quando a mulher chega a uma idade mais avançada. “Sabemos que as mulheres, especialmente as que tiveram filhos, são mais afetadas por problemas osteomusculares. Pode ser que essas mudanças nos pés ocorridas durante a gravidez ajudem a explicar por que as mulheres têm mais risco que os homens de ter dor e artrite nos pés, joelhos, quadris e coluna”, explicou.

fonte: Revista Crescer

12341350_922788657816846_4327828251735540655_n

Olha a minha #havaianas 35/36.

Anúncios

Bepantol® Mamy: seis dicas para prevenir estrias na gravidez!

Gurias, ainda essa semana falei sobre as estrias que ganhei na gestação do Gael.
Recebi algumas dicas da Bepantol para ajudar na prevenção do surgimento das estrias e vou repassa-las para vocês!

Sabemos bem que em algumas mulheres, o ganho de peso em excesso e a predisposição genética são fatores determinantes para o aparecimento dessas marcas.
Mas, com alguns cuidados já no início da gravidez, é possível evitar o surgimento delas no corpo. Por isso, Bepantol® Mamy – creme hidratante desenvolvido especialmente para hidratar a pele e estimular a sua produção de colágeno e, com isso, ajudar a prevenir as estrias nesse momento tão mágico, – sugere seis dicas para as futuras mamães evitarem o problema e, assim, aproveitar ao máximo a gravidez: Continuar lendo

Sobre ter estrias…

Desde o primeiro dia que soube da gestação eu comecei a me cuidar. Eu nem tinha barriga de grávida e já me entupia de cremes e óleos ‪#‎estavasempremelecada‬.
Eu sempre tive uma alimentação rica em frutas e verduras e sempre bebi muuuuuita água. Isso já vinha dede antes da gestação.
Durante a gravidez eu fiz hidroginástica (até enquanto aguentei o peso da pança) e trabalhei até 38 semanas. Ou seja: não fui uma gestante sedentária.

Quando já eu estava comemorando a vitória de ter passado por uma gestação sem estrias, elas apareceram, com 38 semanas e 1 dia, para ser exata. Continuar lendo

Puerpério, por que não nos contam sobre ele?

Eu já falei em um post do blog sobre as coisas que ninguém te conta sobre a gravidez, e hoje vou falar sobre uma coisa que ninguém te conta sobre a maternidade. O Puerério!

Quando estava grávida eu ouvia coisas do tipo:

>Dorme bastante, porque depois…

>A tua vida nunca mais será a mesma depois que ele nascer, aproveita agora…

> É bem cansativo no início, mas depois acostuma. iii, tira de letra…

Ah gurias… esse ’É bem cansativo no início, mas depois acostuma’  é o nosso tema de hoje, e ele tem nome: Puerpério!  (Puerpério é o período que ocorre depois que o bebê nasce). Continuar lendo

%d blogueiros gostam disto: