Arquivo da tag: meu filho não mama

Quando o filho não mama! (nossa história com APLV)

Eu já contei aqui no blog como foi complicada a amamentação do Gael.
No primeiro Post me dediquei a falar exclusivamente sobre a ‘amamentação mesmo’ (peito – leite materno) Leia aqui . Hoje vou contar o que acontecia paralelo com aquela guerra.

Quando Gael tinha um mês ele fez cocô com sangue. Eu, desesperada liguei para a Pedi dele na época, e ela sem dar muita atenção disse que podia ser uma fissura que não era pra eu me preocupar. Ok! Eu continuei preocupada, pois sabia que fissura não era, pelo menos não externa! O fato se repetiu e corri para a emergência, afinal alguém teria que me dar uma resposta. Lá fui eu para o pronto atendimento com a fralda cheia de cocô para mostrar ao médico plantonista. Depois de analisar o cocô e se juntar com mais 2 médicos que estavam lá, a médica que nos atendeu me pergunta: você toma leite de vaca? -Sim, eu tomo!
– Então você pare de tomar leite e todos os derivados para fazer um teste, pois pode ser isso. Ela me mandou parar de tomar leite e seus derivados, mas disse que poderia manter a fórmula que eu dava para Gael 1 vez a noite. Eu fiz a dieta que ela sugeriu e parei de comer tudo que tivesse derivados de leite (inclusive bolachas, bolos, queijos, etc.). Depois disso o fato se repetiu mais 2 vezes e não aconteceu mais.

Quando fomos na consulta de rotina contei para a Dra dele na época e ela disse que não, que não era pra eu me preocupar com isso, que não tinha nada e que eu poderia voltar a tomar leite e comer derivados. Disse pra moderar o consumo, mas não mandou parar.
Eu não fiquei satisfeita com aquela resposta, eu sentia que tinha coisa errada ali então troquei de pediatra e contei à nova tuuuuuuudo o que aconteceu, e ela disse a mesma coisa que a anterior: que eu poderia voltar a comer normalmente, pois se eu continuei a dar formula e ele não fez mais coco com sangue, significava que não era aquele o problema. (depois vocês vão entender por que contei isso).

Pois bem, apesar da minha (quase) incansável insistência Gael mamava cada vez menos no peito, e consequentemente eu tentava dar mais fórmula a ele, afinal, de algum lugar ele tinha que se alimentar. Mas o tempo foi passando e veio outra surpresa: ele também não queria a ‘teta de plástico’ (mamadeira). Gael simplesmente não queria mamar nada: nem peito nem mamadeira!  Continuar lendo

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: