Arquivo da tag: gestação

Sobre o chá de fraldas.

baby-showerEu não fiz chá de fraldas.
Não é que eu ache desnecessário, ou ‘feio’, ou qualquer outra coisa desse tipo. Muito pelo contrário, eu acho legal fazer chá, e muitas mães o tem como uma comemoração para a chegada do bebê.
Eu tomei essa decisão porque coloquei no papel, fiz as devidas contas, e depois de analisar cuidadosamente cheguei à conclusão de que financeiramente não seria vantajoso pra nós, o máximo que aconteceria seria uma troca de moedas.O chá valeria mais pela ‘farra‘ do que pelo ganho em si.
Eu sei: Continuar lendo

Anúncios

Sobre ter estrias…

Desde o primeiro dia que soube da gestação eu comecei a me cuidar. Eu nem tinha barriga de grávida e já me entupia de cremes e óleos ‪#‎estavasempremelecada‬.
Eu sempre tive uma alimentação rica em frutas e verduras e sempre bebi muuuuuita água. Isso já vinha dede antes da gestação.
Durante a gravidez eu fiz hidroginástica (até enquanto aguentei o peso da pança) e trabalhei até 38 semanas. Ou seja: não fui uma gestante sedentária.

Quando já eu estava comemorando a vitória de ter passado por uma gestação sem estrias, elas apareceram, com 38 semanas e 1 dia, para ser exata. Continuar lendo

A difícil missão de escolher o nome do filho!!

Gael

Hoje vou contar como surgiu nosso ‘Gael’.
Desde que me descobri grávida eu sabia que era um guri. Não sei porque, não sei como, mas eu sabia que dentro de mim tinha um gurizão, e sempre que os palpiteiros me diziam: ‘acho que é uma menininha’ eu largava na lata: ‘não! É um menino’!! **Se fosse menina iria ficar com a cara no chão de vergonha, por que eu sempre enchia a boca pra dizer: ELE!!

Pois bem, confirmado que realmente se tratava de um menino, fomos em busca de nomes… Nunca na vida eu imaginei que fosse tão difícil escolher o nome de um filho!!
Nossa, é uma responsabilidade enorme. Imagina que ali tem um ser humano que vai carregar o nome que tu escolheu o resto da vida dele… Gente, isso é muita responsabilidade, é uma pressão enorme!!

Bom, vocês devem ter percebido que sou meio… fora do convencional, digamos assim. Eu gosto de tudo que é diferente, e modinhas, tendências e senso comum não são pra mim. Não estou criticando quem gosta de tendências, ok? Só estou dizendo que EU não sou assim.

O maridão é meio #porraloca também (#nãoparecemaisé), então, nada mais ‘comum’ do que escolhermos um nome incomum para nosso filho.

Mas a missão era complicada, bem complicada, e a nossa lista de exigências só fazia a pressão aumentar. *Não queríamos um nome difícil, um nome que nosso filho fosse aprender a falar e escrever só ‘com quase 10 anos de idade’.
*Queríamos um nome fácil, de preferencia curto, que não desse margem para aqueles apelidos maldosos (principalmente na escola, visto que as crianças são muito criativas pra isso rsrsr);
*Não queríamos um nome comum;
*Não queríamos um nome popular;
*O nome tinha que ficar em harmonia com o sobrenome;
*Nós dois tínhamos que gostar do nome e concordar 100% que aquele era o nome escolhido. Pouca coisa, né? #sqn Continuar lendo

Para uma grávida de primeira viagem!

36 semanas

Então você pegou o resultado do exame e aquela duvida que pairava sobre sua cabeça se tornou uma certeza: você está grávida!

E agora? O que fazer?

As duvidas já começam nesse momento: Ligar para o pai do bebê? Ligar para a nossa mãe? Ligar pra irmã? Ligar pra melhor amiga? Ou não ligar pra ninguém e contar ao vivo? Fazer uma mega surpresa ou simplesmente entregar o exame e dizer que está grávida?

É… Gravidez é isso mesmo! Você fica cheia de duvidas, de incertezas, de aflições, mas também cheia de amor, de vida, de felicidade! Continuar lendo

%d blogueiros gostam disto: