Por que eu criei um Blog?

Oi pessoal, este mês (Julho) faz 6 meses que meu Blog e minha Fan Page estão no ar (com conteúdo).
Mas… por que mesmo eu criei um blog?
Hoje vou contar pra vocês a jornada que me trouxe até aqui e um pouco de como funcionam as coisas no Blog e na Page.

Quando engravidei eu já tinha muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuitas amigas que já eram mamães. Não só amigas, tinha também colegas de trabalho, irmã, sobrinha, conhecidas, primas, amiga de amiga que eu conhecia,  prima da amiga da vizinha… e por aí vai.
Sabe quem dessas pessoas me alertou que tinha uma ‘mínima’ chance de alguma coisa não ser tão fácil como eu imaginava? N-E-N-H-U-M-A. Ninguém me avisou sobre nada, em nenhum momento da minha gestação (nem minha mãe hein!).
Só rolava aqueles papinhos:
* Ah é cansativo no início, mas depois tu tira de letra!
* Ah, amamentar dói um pouquinho no começo, mas depois acostuma! iiiii… tu nem vai sentir mais ele mamando.
* A cesárea? Não dói nada! Capaz… 3 dias depois eu ‘tava’ estendendo roupa.
* Ah, o parto dói mas passa! Mas eles te deixam com fome, com sede e ainda te xingam se tu gritar (essa, talvez tenha sido a única verdade/realidade que acontece e que me falaram).
Eu não tinha internet em casa durante a gravidez e nem depois que Gael nasceu, então a minha única fonte de informação realmente eram as pessoas ao meu redor!

A bagunça começou cedo: quando eu não consegui Parir Gael e fui parar numa sala de cirurgia com todos meus medos, minhas angustias e minhas aflições junto comigo (quem quiser ler contei aqui).
Ainda na sala de recuperação começaram as minhas ‘desconfianças’ que não seria tão fácil quanto pensei, já que o Gael não quis mamar de jeito nenhum.
As desconfianças aumentaram no outro dia, quando ele não quis pegar o seio apesar de um dia inteiro de tentativas! (leia aqui).
Como assim ele não mama? jamais ouvi relatos como esses… ‘todos’ os filhos de quem conheço mamaram no primeiro ou no segundo dia de vida. Elas disseram que foi doído mas elas conseguiram amamentar! O que está acontecendo comigo? Só eu não tenho esse dom maravilhoso?

Então quando recebi a noticia que Gael estava mal e precisaria ser internado na UTI imediatamente (leia aqui) eu tive certeza: isso não será nada, mas nada fácil!
Quando chegamos em casa ele não queria mamar, eu estava exausta e triste (como assim triste??), e me peguei a pensar: porquê? Por que era assim comigo? Por que ninguém me contou que algo poderia dar errado? Ou será que só estava dando errado comigo? Com as outras mães era igual no comercial de margarina?
Os dias e os meses foram passando, eu sobrevivi ao puerpério (leia aqui), e fui aprendendo com meus erros, fui me virando sozinha como podia… apenas eu e meu instinto de mãe, para criar aquela criança tão indefesa, tão pequena e tão cheia de ‘poréns’.
Eu não tinha quase nada para ler e pesquisar sobre maternidade: eu não tinha Google, eu não tinha Blogs, eu não tinha revistas, eu não tinha sites… era só eu, de vez enquando um pouco da sabedoria popular da minha mãe, e uma vez por mês a ‘sabedoria’ da pediatra!
Fui aprendendo aos poucos como ser mãe, fui aprendendo a ler os sinais do meu filho, fui errando, tropeçando, ‘batendo cabeça’, e fui vendo que não era fácil mas também não era impossível. Até que as coisas foram se ajeitando.
Quando Gael tinha 4 meses eu comecei a pensar em fazer um blog, queria conversar com outras mães, queria dividir algumas coisas, queria aprender, queria ensinar… Queria contar para as outras mães as minhas experiências e poder dividir com essas mães os perrengues que passei, porque se eu pudesse ajudar ao menos 1 pessoa com minhas experiencias, eu já estaria feliz.

Quando Gael tinha 6 meses eu consegui adquirir uma internet (até então eu não tinha porque onde moro o sinal é beeeem precário). Fiz o Blog e fiz uma Page no facebook, porém o Gael teve um pico de crescimento TER-RÍ-VEL com 6 meses (vou fazer um post disso). Na verdade a ‘crise’ começou quando ele tinha 5 meses e meio e foi até quase 7 meses dele! Nesse período ele me sugou a vida de uma maneira que eu não conseguia fazer nada além de atendê-lo. Então os meus ‘projetos virtuais’ ficaram de lado.
Em Dezembro coloquei uma meta: fazer o Blog funcionar no inicio do próximo ano!
Chegou Janeiro e comecei a movimentar a Page do Facebook. Mas ao mesmo tempo eu disse: não! isso não é pra mim. Excluí a page. No outro dia criei a page novamente. #coisasdecamila #camilisses #souloucamesmo!
Então comecei a gerar conteúdo, de forma tímida, devagarinho, e em segredo #pasmem! Ninguém sabia que eu tinha esses 2 canais, nem o maridão. Eu não contei porque confesso que fiquei com um pouco de vergonha, e um pouco de receio com a reação dos familiares.
Coisas do tipo: “áh, um blog? mas ‘praquê’ isso?” eu não estava preparada para ouvir, então por um bom tempo mantive segredo.
Os meses foram passando e ficando um pouco menos turbulentos, e eu fui aumentando conteúdo. E foi indo, foi indo… e hoje temos esse pequeno espaço para conversarmos.

Como o princípio de todo blog, este relata acima de tudo experiências pessoais (minhas), e foi delas que criei o termo (e a categoria) Mães de verdade. Mas porque Mães de verdade? Porque aqui nós não somos do comercial de margarina! Aqui nós erramos, aqui nós choramos, aqui nós damos piti… aqui é vida real, adrenalina de mãe correndo na veia! Dividi a categoria em Desabafos de Mãe, Relatos de Mãe, e Histórias de Mãe onde os próprios nomes falam por si. Essa categoria dará espaço para relatos (e desabafos) de outras mães no futuro. #fiquemligadas

Sempre que possível trago informações de cunho médico e legal, assuntos sérios, importantes e que devem ser falados. Esses assuntos são colocados na categoria Papo Sério. Não sei de onde tirei isso… simplesmente fui postar um assunto na Page (beeeem no início do Blog) e usei a Tag #paposério e daí ela surgiu e decidi torna-la uma categoria do Blog.

Para ajudar as outras mamães decidi fazer resenha dos produtos que uso aqui em casa, e criei a categoria Eu Testei. Muitas vezes queremos comprar alguma coisa e ficamos na dúvida: será que é bom? será que dura? será que funciona como o fabricante fala? Então essas resenhas nos Blogs ajudam um monte, e tudo o que eu quero á ajudar :). Essa categoria é dividida em Acessórios, Produtos e Fraldas. *Minhas resenhas não são pagas. Faço todas com itens que eu compro.

A categoria Dicas&Truques está em construção, mas é onde coloco coisinhas para facilitar a vida das mães em diversos sentidos: vai de dicas pra casa à dicas de beleza, além é claro, das dicas para o bebê. Só coisas simples, práticas e úteis… pra facilitar a vida mesmo.

Por último tenho a categoria News, que são as últimas novidades do mundo da maternidade que eu trago para atualizar as Mommy’s de plantão.

Tenho isso aqui como um espaço de acolhimento, de informação, de diversão, de troca de experiências, quase uma roda de proza (alguém traz a viola por favor!). Eu criei esses espaços por que assim como eu me sentia sozinha e perdida pode ter outras mães que passam por isso. Em algum lugar por aí pode ter alguma mãe passando pelo puerpério sem saber o que é, pode ter alguma mãe que não está conseguindo amamentar, pode ter alguma mãe pensando que não é boa mãe porque ela não está ‘dando conta de tudo’, pode ter alguma mãe querendo ficar 5 minutos sozinha e se sentindo mau por isso… Se meu espaço servir de acolhimento para pelo menos uma dessas mães, já estou imensamente feliz!
Aqui nesse espaço eu prezo muito pelo respeito e pelo amor ao próximo. Ideias contrárias são e sempre serão bem vindas, mas agressões, brigas, insultos, ofensas e coisas do tipo não são aceitas. Esse espaço não foi criado pra isso e aqui sentimentos ruins realmente não têm e não terão lugar… nunca!

Eu espero que gostem, espero que participem. Eu sempre farei de tudo para ser um lugar aconchegante para todas!

Um Abração
camila vidal

 

 

Se quiser me conhecer melhor… clique aqui!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Por que eu criei um Blog?

  1. Rita Samora 25 de agosto de 2015 às 13:14 Reply

    Camilaaa
    Parabens pelo blog viu, acompanho sua page no face e sempre dou uma passada por aqui. Nem sempre comento, mas la na page sou assidua..kkk
    Bjsss

    Curtido por 1 pessoa

Comente este post! (seu e-mail não será divulgado!)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: